Mudanças nos modelos de negócios são destaque em lançamento de programa de transformação digital

Foto: ACPA/ Divulgação

Mudanças nos modelos de negócios são destaque em lançamento de programa de transformação digital

A ET Conteúdo esteve na Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA) acompanhando o lançamento de dois programas. O primeiro é de Transformação Digital, o segundo uma Marketplace para lojistas da capital. A abertura do evento contou com o presidente da ACPA, Paulo Afonso. Em suas primeiras palavras ele reforçou a ideia de que os empresários precisam pensar como uma empresa digital. Disse que quem está fora do digital está fora do mercado.

Na sequência Paulo Kendzerski, presidente do Instituto de Transformação Digital, abriu sua palestra apresentando um vídeo sobre o cérebro reptiliano mostrando como as pessoas são resistentes as mudanças. Para introduzir o assunto da transformação digital, ele relembrou marcos que ocorrem de 20 em 20 anos. Falou dos Programas de Qualidade dos anos 1960, dos Sistemas Integrados de Gestão Empresarial nos anos 1980, do Bug do Milênio no começo dos anos 2000 e destacou o Consumidor Conectado agora.

Foto: ACPA/ Divulgação
Foto: ACPA/ Divulgação

O principal traço da palestra está na mudança nos modelos de negócios e na experiência que as empresas oferecem para seus consumidores. Citou a criação do QuintoAndar – uma startup brasileira de tecnologia focada no aluguel de imóveis – como exemplo de pessoas que não são de determinado ramo e podem mudar aquela atividade. Os fundadores da “imobiliária online” são oriundos do setor de economia, não do imobiliário.

Outro ponto relevante da fala de Kendzerski é que as empresas ainda pensam de maneira analógica, mesmo usando ferramentas digitais. Segundo ele o uso dessas ferramentas não quer dizer que a empresa está se transformando digitalmente. Para exemplificar ele citou empresas que respondem o Whastapp apenas em horário comercial. O pensamento digital passa por entender que a jornada do consumidor mudou.

“O mundo está vendendo experiência”.

Paulo Kendzerski

Ao final da palestra Paulo Kendzerski lançou o Programa de Transformação Digital. Ele tem como meta implementar a Transformação Digital e Inovação, em toda cadeia de negócios do estado do Rio Grande do Sul. Para isso irá preparar 10 mil empresas, mais de 30 mil profissionais, para atuarem de forma eficiente nos novos modelos de negócios impostos pela Transformação Digital em curso no mundo.

O programa visa ainda capacitar 100 mil pessoas para as novas oportunidades do mercado de trabalho, com treinamento em ferramentas digitais e criar um Ecossistema inovador e criativo, transformando toda a Cadeia de Valor do estado (cidades, entidades, empresas e comunidades). Finalizando a manhã Paulo Batuta apresentou o programa Ganhe Você, um marketplace focado em pequenas empresas.

Sem comentários

Publicar um Comentário